عن جابر رضي الله عنه : أن رسول الله صلى الله عليه وسلم قال: «رحِم الله رَجُلا سَمْحَا إذا باع، وإذا اشترى، وإذا اقْتَضَى».
[صحيح] - [رواه البخاري]
المزيــد ...

Segundo Jábir- Que Allah esteja satisfeito com ele - contou que o mensageiro de Allah - Que a paz e bençãos de Allah estejam sobre ele - disse: << Que Allah tenha misericórdia daquele homem que é bondoso quando vende, quando compra e quando cobra a dívida. >>
Autêntico - Relatado por Bukhari

Explanação

O significado do hadith: "Que Allah tenha misericórdia daquele homem'' isto constitui uma prece de misericórdia para todo aquele que tiver a qualidade de suavidade na sua compra, venda e cobrança de dívida, seja homem ou mulher, e o fato de ter mencionado a palavra homem só foi força de expressão. "Suave quando vende" quer dizer: simples quando vende, não dificulta ao comprador no preço, mas até dá desconto, e numa versão no livro de Ahmad e Nassáí sob autoria de Othman ibn Affaan - Que Allah esteja satisfeito com ele -: Que Allah introduza no Paraíso aquele servo que é um fácil vendedor e comprador. "Quando compra" quer dizer fácil quando compra, não disputa e nem diminui o seu preço, mas sim é fácil e suave. "Quando cobra dívida" quer dizer que é fácil quando exige a sua dívida do individado, pede com calma e não com dureza. Numa versão no Ibn Hibbaan sob autoria de Jaabir - Que Allah esteja satisfeito com eles - consta um acréscimo: "Suave quando paga'' quer dizer: fácil e suave quando a paga a dívida que tem, não atrasa e nem foge dos seus deveres, mas sim paga com toda facilidade e livre vontade. Para esses quatro tipo de pessoas o profeta - Que a paz e benção de Allah estejam sobre ele- pediu misericórdia enquanto forem suaves nas suas compras, vendas e na cobrança de suas dívidas.

Tradução: Inglês Francês Espanhola Turco Urdu Indonésia Bosnia Russa Bangali Chinesa Persa Tagalo indiano Cingalês Uigur Curdo Hauçá Malayalam Telugu Suaíli tâmil Birmanês Alemão japonês
Ver as traduções

Os Benefícios

  1. A recomendação de se aliviar na compra e venda, do modo que o vendedor assim como o comprador abandonem aquilo que incomoda o outro.
  2. O incentivo à suavidade na hora de exigência de direitos e a recomendação de se abdicar de parte dela.