عن شداد بن أوس رضي الله عنه مرفوعًا:« إن الله كتب الإحسانَ على كل شيء، فإذا قتلتم فأحسِنوا القِتلةَ وإذا ذبحتم فأحسِنوا الذِّبحة، وليحد أحدُكم شَفْرَتَه ولْيُرِحْ ذبيحتَهُ».
[صحيح] - [رواه مسلم]
المزيــد ...

Segundo Chaddad filho de Auss - Que Allah esteja satisfeito com ele - contou que o mensageiro de Allah disse: << Por certo, Allah ordenou que tudo fosse feito com perfeição. Se é preciso matar, que se proceda da melhor maneira, e ao abater, proceda-se do melhor modo, afiando a faca e acalmando o animal.>>
Autêntico - Relatado por Musslim

Explanação

Exige-se que o muçulmano seja bom em suas intenções e segredos, e deve ser bom em sua obediência e adoração, exige-se que pratique o bem e faça boas ações, deve ter bondade com as pessoas e os animais e também com os inanimados. Não há dúvidas de que o abatedor de animal irá machucá-lo matando-o, e é preciso abater para se beneficiar dele, e o objetivo disso é despertar misericórdia, compaixão, afeição e bondade na alma do crente para que ele não negligencie esses significados, mesmo sendo um abatedor ou matador legítimo, e é uma alerta de que a benevolência é necessária no ato de matar. Portanto, a exigência do abate, em outras ações é mais enfatizada e mais severa, e é bom afiar a faca e acalmar o animal.

Tradução: Inglês Francês Espanhola Turco Urdu Indonésia Bosnia Russa Bangali Chinesa Persa Tagalo indiano Vietnamita Cingalês Uigur Curdo Hauçá Malayalam Telugu Suaíli tâmil Birmanês Alemão japonês Pushto Assamês Albanês
Ver as traduções

Das notas do Hadith

  1. A ordem acerca da benevolência, que está em todas as coisas de acordo com a situação; a benevolência no desempenho das obrigações aparentes e invisíveis: realiza-las de forma obrigatória perfeita, então esse poder de benevolência nela é obrigatório. Quanto à benevolência ao cumprir seus favoritos, é recomendável, e a benevolência no abandono do ilícito: é acabar com ele e abandoná-lo aparentemente e no invisível, e esse tanto é obrigatório. A bondade na paciência com as predestinações, a paciência com elas sem ira e nem medo; a benevolência é obrigatória ao lidar com as criaturas e oferecer carinho a eles: observar o que Allah obrigou dando os seus direitos. E a bondade que é exigida na tutela da criação: observar os deveres da tutela legítima, a bondade em matar o que é permitido matar dentre os animais: abater da maneira mais rápida, fácil e desejável, sem aumentar a tortura, porque faz sofrer sem necessidade.
  2. A misericórdia de Allah - Exaltado e Majestoso - com seus servos, e Ele prescreveu a bondade em todas coisas.
  3. Allah - Exaltado e Majestoso - possui a ordem e a Ele está a decisão, conforme o Seu dito: “Em verdade, Allah ordenou a (prática) da bondade.” E a ordem de Allah - o Altíssimo -, é de dois tipos: ordem na predestinação e ordem legislativa.
  4. A bondade abrange todas as coisas, em todas coisas há possibilidade da bondade, conforme o seu dito: ''Certamente Allah prescreveu a bondade em tudo''.
  5. A bela forma de ensinamento do Profeta - Que a paz e bênçãos de Allah estejam com ele - citando exemplos; porque os exemplos aproximam os significados no seu dizer: quando pretender matar, quando pretender degolar.
  6. A obrigatoriedade de se matar da melhor forma; visto que isto é uma descrição da forma, não da prática.
  7. Aperfeiçoar o abate, degolando de forma permitida na legislação.
  8. Proibição de torturar o animal em tomá-lo como propósito, matá-lo de fome e prendê-lo sem comida ou bebida.
  9. A perfeição desta lei e sua inclusão de todo o bem, dentre ela está a misericórdia para com o animal e o bem estar animal.