عن خولة بنت حكيم -رضي الله عنها- مرفوعًا: «مَن نزَل مَنْزِلًا فقال: أعوذ بكلمات الله التَّامَّات من شرِّ ما خلَق، لم يَضُرَّه شيءٌ حتى يَرْحَلَ مِن مَنْزِله ذلك».
[صحيح.] - [رواه مسلم.]
المزيــد ...

Khawlah filha de Hakím - Que ALLAH esteja satisfeita com ela - relata que o Profeta - Que a paz e benção de ALLAH estejam com ele - disse: Quem se acampar num lugar e disser: ''Eu busco refúgio em palavras de ALLAH, as perfeitas, contra o mal daquilo que criou'' Nada lhe prejudicará até que saia daquele lugar''.
Autêntico - Relatado por Musslim

Explanação

O Profeta - Que a paz e benção de ALLAH estejam com ele - instruiu a sua nação a buscar refúgio benéfico, aquela que através dela se afugenta tudo que se teme quando se acampa num lugar, durante a viagem, passeio ou outra coisa: Procurando refúgio através de palavras de ALLAH, as curadoras e suficientes e sãs de quaisqueres defeitos; para que se esteja em paz contra tudo que possa lhe prejudicar durante a sua estadia.

Tradução: Inglês Francês Espanhola Urdu Indonésia Bosnia Bangali Chinesa Persa indiano Cingalês Curdo Hauçá Malayalam Telugu Suaíli tâmil
Ver as traduções
1: Que o pedido de refúgio é um ato de adoração.
2: Que o pedido de refúgio instituido é aquele que é através de ALLAH - o Altíssimo - ou através de seus nomes/atributos.
3: Que as palavras de ALLAH não são criadas; porque foi instituido pedido de refúgio através delas, e pedido de refúgio através da criatura constitui politeísmo, portanto indica que as palavras de ALLAH não são criaturas.
4: A virtude desta súplica apesar da sua abreviatura.
5: Os topetes das criaturas estão nas Mãos de ALLAH.
6: Ilustração da benção desta súplica.
7: Ilustração da abragência do Qur'an e sua perfeição.
Donate