عن عبادة بن الصامت -رضي الله عنه- قال: بَايَعْنَا رسول الله -صلى الله عليه وسلم- على السَّمع والطَّاعَة في العُسْر واليُسْر، والمَنْشَطِ والمَكْرَه، وعلَى أَثَرَةٍ عَلَينا، وعلى أَن لاَ نُنَازِعَ الأَمْر أَهْلَه إِلاَّ أَن تَرَوْا كُفْراً بَوَاحاً عِندَكُم مِن الله تَعَالى فِيه بُرهَان، وعلى أن نقول بالحقِّ أينَما كُنَّا، لا نخافُ فِي الله لَوْمَةَ لاَئِمٍ.
[صحيح.] - [متفق عليه.]
المزيــد ...

Segundo Ubadat filho de Saamit - Que Allah esteja satisfeito com ele - disse: O mensageiro de Allah - Que a paz e bençãos de Allah estejam sobre ele - fez-nos assumir o compromisso de ouvir e obedecer na dificuldade e facilidade, ativos ou forçados, e sobre aquilo que é impactante contra nós, e que não disputemos acerca das ordens dos governantes, exceto se diante de vós observarem uma clara descrença e através de Allah - o Altíssimo - há evidências, e que digamos a verdade onde estirvermos, não tememos diante de Allah a maldição do amaldiçoador.
Autêntico - Acordado

Explanação

[Fez-nos um compromisso] isto é, o mensageiro (Que a paz e bençãos de Allah estejam sobre ele) fez um acordo com os companheiros - Que Allah esteja satisfeito com eles - para ouvirem e obedecerem; porque Allah - o Altíssimo - diz: {Ó crentes! Obedecei a Allah e obedecei ao mensageiro e as autoridades entre vós}. E depois dele - Que a paz e bençãos de Allah estejam sobre ele - as autoridades são de grupos: Os erúditos e governantes, mas os eruditos são guardiões na ordem do conhecimento e sua explicação, enquanto que os governantes são guardiões da ordem de execução e poder. Ele diz: Fiz acordo conosco quanto ao ouvir e obedecer; o seu dito: "na dificuldade e na facilidade", significa seja essa responsabilidade dificultosa ou fácil quanto aos bens materiais, é dever de todos a responsabilidade, sejam ricos ou pobres devem obedecer as suas autoridades e ouvi-los de forma ativa ou forçada, isto é, seja essa responsabilidade imposta por serem ordenados daquilo que a alma não deseja e nem quer ou forem ativos nisso; porque eles foram ordenados de acordo com o que lhes convém e concordam. "Seja impactante contra nós" significa fazer efeito em nós, isto é, se as autoridades se afetam pela responsabilidade através dos bens de forma geral ou outro, pelo que eles se divertem e privam aqueles que Allah os responsabilizou sobre nós para que tomemos a liderança deles, pois esta disputa obriga muita maldade e grandiosa aflição e separação entre os muçulmanos. E a nação islâmica foi destruida por disputas com os donos da autoridade, desde a época de Uthman - Que Allah esteja satisfeito com ele - até os nossos dias. Ele disse: "exceto se observarem uma descrença clara diante de vós e, através de Allah, há evidências", são quatro condições, se vermos isso e as quatro condições forem completas, então disputa-se às autoridades, tentamos remove-los do mandato; tais condições são: Primeira: Devem ver, é preciso saber, não apenas suspeitas, assim não é permitido manifestar contra os líderes. Segunda: Sabermos a descrença e não a perversidade, a perversidade, mesmo que as autoridades sejam perversas, não é permitido manifestar contra eles; mas se vermos uma descrença franca e clara. Terceira: A descrença clara: essa é a descrença franca, algo visível, aparente, quanto aquilo que for provável interpretação, não é permitido manifestar contra eles com isso, isto é, se eles fizerem algo que vimos que é descrença mas há probabilidade de não ser descrença, então não é permitido disputa-los ou manifestar contra eles, e responsabilizamos a eles aquilo que lideraram. Mas se for uma descrença clara, como por exemplo: Se eles crerem na permissão de prática de adultério ou consumo de inebriantes. Quarta condição: "diante de vós há evidência de Allah", isto é, temos prova absoluta que é descrença; se a prova for fraca na sua aplicação ou fraca no seu significado, então não é permitido manifestar contra eles; porque na manifestação há muita maldade e grandiosa corrupção. Caso vermos isso por exemplo, então não é permitido disputas até termos capacidade de remove-los. Se não houver condições diante da responsabilidade, não é permitido a disputa; porque talvez se os responsáveis disputarem e não tiverem poder, os governantes derrotam os restantes bons e assim ficam sob controle total. Portanto, estas condições são de permissão ou de obrigação - obrigação de manifestar contra a autoridade - mas com a condição de que haja condições para isso, se não houver condição, então não permitido manifestar; porque isso é o mesmo que lançar a alma na destruição; porque não há bom resultado em manifestar.

Tradução: Gramática inglesa Francês Espanhola Turco Urdu Indonésio Bosnia Russa Bangali Chinesa Francesa Catálogo indiano Uigur Curdo
Apresentar as traduções
1: Exortação de ouvir e obedecer aos governantes muçulmanos no que não for pecado.
2: O fruto da obediência em tudo o que é mencionado no hadith é a união da palavra dos muçulmanos e a rejeição da diferença e discórdia de suas fileiras.
3: Não contestar as autoridades, a menos que suceda deles uma verdadeira descrença, então é necessário negá-los e triunfar pela verdade, seja qual for o sacrifício.
4: Por unanimidade, é proibido manifestar contra as autoridades e matá-los, mesmo que sejam perversos; porque ao manifestar contra eles há mais desordem que a perversidade deles, então comete-se o menor entre dois males.
5: O acordo para um grandioso lider não ocorre senão na obediência a Allah - o Altíssimo -.
6: A obediência ao grandioso líder no que é do bem é obrigatória em termos de estímulo, compulsão, na dificuldade e facilidade, mesmo que os caprichos da alma vá contra.
7: Respeitar o direito das autoridades, e que as pessoas devem obedecê-los na facilidade e dificuldade, estímulo, compulsão e na influência que lhes afetam.