+ -

عن عائشة رضي الله عنها قالت: قال رسول الله صلى الله عليه وسلم : "من أحدث في أمرنا هذا ما ليس منه فهو رد " وفي رواية " مَن عَمِلَ عملًا ليس عليه أمرُنا فهو رَدٌّ".
[صحيح] - [متفق عليه]
المزيــد ...

Aisha - Que Allah esteja satisfeito com ela - relatou que o mensageiro de Allah - Que a paz e bençãos de Allah estejam sobre ele - disse: << Aquele que inventar algo na nossa religião e que não faz parte dela, será rejeitada. >> Noutra narração << Aquele que tentar introduzir algo que não está em conformidade com a nossa religião será rechaçado. >>
Autêntico - Acordado

Explanação

Toda prática ou dizer que não condiz em todas as vertentes com a religião, de modo que não se mostra seus argumentos e regras, é rejeitada a seu praticante e não é aceita.

Tradução: Inglês Urdu Espanhola Indonésia Uigur Bangali Francês Turco Russa Bosnia Cingalês indiano Chinesa Persa Vietnamita Tagalo Curdo Hauçá Malayalam Telugu Suaíli tâmil Birmanês Tailandês Alemão japonês Pushto Assamês Albanês السويدية الأمهرية الغوجاراتية الدرية
Ver as traduções

Das notas do Hadith

  1. O decreto do líder não altera o que está dentro da ordem; conforme o seu dito: (Que não faz parte do nosso assunto), isto é, a religião.
  2. A religião baseia-se na legislação.
  3. Todas as heresias (inovações) ideológicas e práticas são nulas, como a heresia da obstrução, esperança, negação do destino, exclusão (do Islam) pelos pecados e adorações inventadas.
  4. Que a religião não se baseia na sugestão e no bem achar.
  5. Demonstração da intergridade da religião.
  6. Refutação de toda inovação na religião, que não se adequa a legislação e noutra versão consta a clara obrigação de abandonar toda inovação, seja ela trazida pelo inovador ou existiu anteriormente.
  7. A invalidade de todos os acordos proibidos e que as mesmas não trazem nada de frutos.
  8. A proibição implica a corrupção, pois, as proibições todas não fazem parte da religião, portanto devem ser rejeitadas.