عن أبي هريرة -رضي الله عنه- قال: سمعت رسول الله -صلى الله عليه وسلم- يقول: «ما نهيتكم عنه فاجتنبوه، وما أمرتكم به فأْتُوا منه ما استطعتم، فإنما أَهلَكَ الذين من قبلكم كثرةُ مسائلهم واختلافهم على أنبيائهم».
[صحيح.] - [متفق عليه.]
المزيــد ...

Segundo Abu Huraira - Que Allah esteja satisfeito com ele - contou que ouviu o mensageiro de Allah - Que a paz e bençãos de Allah estejam sobre ele - dizendo: abstenham-se do que vos proíbo, e quando vos ordeno algo, buscai-o de acordo com a vossa capacidade. O que levou os povos que vos precederam para a perdição foi a sua insistência em fazerem perguntas sobre as questões desnecessárias, além de manterem divergências com os seus profetas.
Autêntico - Acordado

Explanação

O mensageiro de Allah - Que a paz e bençãos de Allah estejam com ele - orientou-nos que quando ele nos proíbe algo, devemos evitar sem exceção, e quando ele nos ordena a fazer algo, devemos fazer o quanto pudermos. Em seguida ele nos alertou para que não fôssemos como algumas nações anteriores, que faziam perguntas excessivas aos seus profetas e os desobedeceram, então Allah os puniu com variados tipos de extermínio e destruição, portanto não devemos ser como eles para que não sejamos destruidos como eles foram destruidos.

Tradução: Inglês Francês Espanhola Turco Urdu Indonésia Bosnia Russa Bangali Chinesa Tagalo indiano Uigur Curdo Hauçá
Ver as traduções
1: A obrigatoriedade de cumprir as ordens e abster-se das proibições
2: A proibição não permitiu que algo fosse cometido, e a ordem é restrita pela capacidade. Porque abandonar é possível e a prática necessita habilidade da obra exigida.
3: A proibição de questionar demais. Os estudiosos dividiram a pergunta em duas partes: Uma delas é: O que está na forma de aprendizado pelo que se necessita em questão de religião. Isso é ordenado e as perguntas dos companheiros do profeta são deste tipo. A segunda: O que está na forma de obstinação e de exagero, e isso que é proibido.
4: Alerta a esta nação contra a desobediência ao seu profeta, como sucedeu com os povos antepassados
5: A proibição abrange o pouco e o muito, porque não é considerado abstinência até se abster-se do pouco e do muito; por exemplo: fomos proibidos a usura, abrange pouca e muita.
6: Abandonar os meios que conduzem à ilicitude, pois isso é que significa precaver-se.
7: O ser humano tem capacidade e aptidão, pois consta no seu dito: ''Quanto puderem'' assim há refutação contra (al-jabariyyah) os que negam o livre arbítrio, pois dizem, que ninguém tem aptidão e escolha, porque é compelido a realizar a sua ação, até mesmo quando a pessoa movimenta a sua mão no decorrer da fala, dizem que o movimento da mão não é de acordo com sua capacidade, mais forçado. Sem dúvida que é uma opinião falsa que conduz a grande corrupção.
8: Quando a pessoa ouve uma ordem do mensageiro - Que a paz e bençãos de Allah estejam com ele - não deve questionar: Será que é obrigatório ou recomendável? Conforme o seu dito:(façam de acordo com a vossa capacidade).
9: O que o profeta - Que a paz e bencãos de Allah estejam com ele - ordenou ou proibiu é uma lei, quer esteja no Alcorão ou não, então aplica-se a sunnah em adição do Alcorão em termos de ordem ou proibição.
10: Fazer muitas questões são causa de perdição, especialmente em questões que não há possibilidade de ser alcançadas, como questões acerca do oculto, como os nomes e atributos de Allah e sobre o Dia da Ressurreição, então não se exceda em fazer muitas questões sobre esses assuntos, pois irá se destruir e será uma pessoa que se excede.
11: As nações anteriores foram destruídas por causa de excesso de perguntas e divergências com os seus profetas.