عن عائشة -رضي الله عنها- عن النبي -صلى الله عليه وسلم- قال: «مَنْ ظَلَم قِيدَ شِبْرٍ مِن الأرْضِ؛ طُوِّقَهُ مِن سَبْعِ أَرَضِين».
[صحيح.] - [متفق عليه.]
المزيــد ...

Ā’ishah (que Allah esteja satisfeito com ela) relatou que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam com ele) disse: "Quem injustamente usurpar até mesmo um palmo de terra, seu pescoço será circundado por ela e pelas sete terras."
Autêntico - Acordado

Explanação

É proibido a um tomar a propriedade de outro, exceto com o seu consentimento, especialmente a apreensão injusta de terras, porque geralmente dura muito tempo. Portanto, o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam com ele) disse que quem injustamente apreender um pedaço de terra de qualquer tamanho seria severamente punido no Dia do Juízo; seu pescoço seria longo e grosso o suficiente para ser circundado com a terra apreendida pelas sete terras em retribuição pelo que ele fez ao dono daquela terra. Essa ameaça não se aplica ao uso de terras públicas sem apreendê-las ou ocupá-las. Em seu livro Al-Mughni, Ibn Qudāmah disse: "No que diz respeito a ruas, estradas e becos, ninguém tem o direito de desenvolver aquela terra (como construir nela e outras atividades pelas quais se tornaria propriedade de alguém), sejam eles são largas ou estreitas, e se isso resulta em menos espaço para as pessoas ou não, porque tais espaços são compartilhados por muçulmanos e seus interesses estão ligados a eles; portanto, é mais parecido com suas mesquitas. É permitido se beneficiar de tais espaços por sentar ali para comprar e vender, de uma forma que não incomode ninguém e nem faça mal aos transeuntes, porque as pessoas em todos os países e em todos os tempos aprovaram que as pessoas façam isso, sem denunciá-lo; e porque é um tipo de uso permitido, desde que não acarrete nenhum dano, então é permitido, como passar.

Tradução: Inglês Francês Espanhola Turco Urdu Indonésia Bosnia Russa Chinesa Persa indiano Cingalês Uigur Curdo Hauçá
Ver as traduções
Donate