عن أنس بن مالك -رضي الله عنه- أن النبي صلى الله عليه وسلم كان إذا دخل الخَلاء قال: ((اللهم إني أَعُوذ بك من الخُبُثِ والخَبَائِث)).
[صحيح.] - [متفق عليه.]
المزيــد ...

Segundo Anass ibn Málik - Que Allah esteja satisfeito com ele - relatou que quando o profeta - Que a paz e bençãos de Allah estejam sobre ele - entrava no banheiro dizia: Ó Allah eu protejo-me em Ti do génio masculino bem como do feminino
Autêntico - Acordado

Explanação

Neste hadith, Anass ibn Málik - Que Allah esteja satisfeito com ele -, que é o honrado por ter servido o profeta - Que a paz e bençãos de Allah estejam sobre ele - menciona para nós a etiqueta profética, ao atender as necessidades biológicas, e que o profeta - Que a paz e bençãos de Allah estejam sobre ele - por amar e voltar-se a seu Senhor demasiadamente não deixava de lembra-Lo e pedir protecção, seja qual for a situação. Portanto, quando ele - Que a paz e bençãos de Allah estejam sobre ele - queria entrar em um lugar para atender as suas necessidades biológicas pedia protecção a Allah, dirigia-se a Ele para que afastasse dele os demônios dentre os machos e fêmeas; porque eles em toda as ocasiões tentam corromper os assuntos religiosos e a adoração do muçulmano. "Al-khubth wa al-khabá'ith" foi interpretado também como sendo: mal e impurezas. O motivo de pedido de protecção é que o banheiro - ou o que as pessoas chamam de casa de banho ou sanitário - são lugares de demônios. O profeta - Que a paz e bençãos de Allah estejam sobre ele - disse: "Por certo, estes locais que se atendem necessidades fisiológicas são presenciados (por demônios), se um de vós entrar, que diga: "Allahumma inni auzhu bika mina al-khubth wa al-khabá'ith!" Narrado por Ibn Majah e outros, autenticado por Albani. E existe outro motivo, que é a pessoa quando entra neste lugar (banheiro) necessita de deixar descoberta a sua nudez; e o mensageiro de Allah - Que a paz e bençãos de Allah estejam sobre ele - disse: "A barreira que há entre o demônio e a nudez do filho de Adão quando entra no banheiro consiste em dizer: Bismillah (Em nome de Allah)." Narrado por Ibn Majah e outros, classificado como autêntico por Albani.

Tradução: Inglês Francês Espanhola Turco Urdu Indonésia Bosnia Russa Bangali Chinesa Persa Tagalo indiano Vietnamita Uigur Curdo Hauçá Suaíli
Ver as traduções