عن عمر بن الخطاب -رضي الله عنه- «أنَّه جَاء إِلى الحَجَر الأَسوَدِ، فَقَبَّلَه، وقال: إِنِّي لَأَعلَم أَنَّك حَجَرٌ، لا تَضُرُّ ولا تَنفَعُ، ولَولاَ أَنِّي رَأَيتُ النبيَّ -صلَّى الله عليه وسلَّم- يُقَبِّلُك مَا قَبَّلتُك».
[صحيح.] - [متفق عليه.]
المزيــد ...

Segundo Umar ibn Al-Khattab - Que Allah esteja satisfeito com ele - relatou que: << Ele veio para a pedra preta, beijou-a e disse: Por certo, eu sei que tu és pedra, não prejudicas nem beneficias, se eu não visse o profeta - Que a paz e bençãos de Allah estejam sobre ele - beijando-te, não te beijaria.>>
Autêntico - Acordado

Explanação

Os lugares, os períodos e outras coisas, não se tornam sagradas, grandiosas e exaltadas adorações por si mesmo, isso acontece apenas através da shariah; por isso o Umar ibn Al-Khattab - Que Allah esteja satisfeito com ele - veio para a pedra preta e beijou diante de peregrinos, que eram novatos pela adoração de ídolos e sua exaltação, e deixou claro que não beijou esta pedra e engrandeceu por ela mesma, ou que a pedra traz para ele um benefício ou prejuízo; apenas é uma adoração que recebida do legislador - Que a paz e bençãos de Allah estejam sobre ele - ele viu-o beijando (a pedra preta), então beijou-a; como um exemplo e acompanhamento, e não uma opinião ou inovação.

Tradução: Inglês Francês Espanhola Turco Urdu Indonésia Bosnia Bangali Chinesa Persa Tagalo indiano Vietnamita Cingalês
Ver as traduções