عن أبي هريرة -رضي الله عنه- قال: قال رسول الله -صلى الله عليه وسلم-: «قال الله -عز وجل-: كلُّ عَمَل ابن آدَم له إلا الصيام، فإنه لي وأنا أجْزِي به، والصيام جُنَّة، فإذا كان يوم صوم أحدِكُم فلا يَرْفُثْ ولا يَصْخَبْ فإن سَابَّهُ أحَدٌ أو قَاتَلَهُ فليَقل: إنِّي صائم، والذي نفس محمد بيده لَخُلُوفُ فَمِ الصَّائِم أطيب عند الله من رِيحِ المِسْكِ، للصائم فرحتان يَفْرَحُهُمَا: إذا أفطر فَرِح بفطره، وإذا لَقِي ربَّه فَرِح بِصَوْمه». وهذا لفظ رواية البخاري. وفي رواية له: «يَتْرُك طَعَامه، وشَرَابه، وشَهوته من أجلي، الصيام لي وأنا أَجْزِي به، والحسنة بعشر أمثالها». وفي رواية لمسلم: «كلُّ عَمَل ابن آدم يُضَاعَف، الحَسَنة بِعَشر أمْثَالها إلى سَبْعِمِئَة ضِعْف، قال الله تعالى: إلا الصَّوم فإنه لي وأنا أجْزِي به؛ يَدَع شَهَوته وطَعَامه من أجلي، للصائم فرحتان: فَرْحَة عند فِطْره، وفَرْحَة عند لقِاء ربِّه، ولَخُلُوف فيه أطْيَب عند الله من رِيحِ المِسْكِ».
[صحيح.] - [الرواية الأولى: متفق عليها. الرواية الثانية: رواها البخاري. الرواية الثالثة: رواها مسلم.]
المزيــد ...

Abu Hurayrah (que Allah esteja satisfeito com ele) relatou que o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam com ele) disse: "Allah, Glorificado e Exaltado, disse: 'Todas as ações do filho de Adão são para ele , exceto o jejum. Na verdade, é para mim, e eu recompensarei por isso. ' O jejum é um escudo. Portanto, quando um de vocês está jejuando, não diga palavras obscenas ou faça muito barulho, e se alguém o insultar ou brigar, diga: 'Estou jejuando.' (Eu juro) por Aquele em Cuja mão está a alma de Muhammad! O mau cheiro que emana da boca da pessoa que jejua é mais agradável aos olhos de ALLAH do que o cheiro de almíscar. A pessoa que jejua tem dois (momentos de ) alegria: um quando quebra o jejum, quando se sente feliz, e a outra quando encontra o seu senhor, fica feliz com o seu jejum. " Este é o texto da narração de Al-Bukhāri. Em outra versão de Al-Bukhāri: "Ele deixa sua comida, bebida e desejo sexual por minha causa. O jejum é para mim, e eu o recompensarei, e uma única boa ação vale dez." De acordo com a narração do muçulmano: "Cada ação do filho de Adão é multiplicada, e uma única boa ação vale de dez a setecentas vezes. Allah, o Exaltado, diz: '(É assim) exceto para o jejum, pois de fato é para mim e eu o recompensarei. Ele deixa seus desejos e comida por minha causa. Para o jejuador, há dois momentos de alegria: um momento de alegria quando quebra o jejum e um momento de alegria quando encontra seu senhor. Na verdade, o cheiro desagradável que sai da boca do jejuante é mais perfumado com ALLAH do que o cheiro de almíscar. "
Autêntico - Relatado por Bukhari

Explanação

O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam com ele) nos informa neste Qudsi Hadīth que todas as ações boas, sejam palavras ou ações, aparentes ou ocultas, e se estão relacionadas ao direito de Allah ou ao direito dos escravos, são multiplicadas até setecentas vezes. Isso mostra o grande favor de Allah e Sua bondade para com Seus servos crentes. Ele considera qualquer infração ou ato de desobediência como um, e é tratado como um em termos de consequência, e Seu perdão está acima de tudo isso. Neste Hadīth, a recompensa do jejum é uma exceção. O jejuador recebe recompensa sem conta, ou seja, é multiplicada muitas vezes, pois o jejum envolve os três tipos de paciência. Nele está a paciência através da obediência a Allah, paciência contra os pecados e paciência com o que Allah decretou. Quanto à paciência através da obediência a Allah, é porque a pessoa se obriga a jejuar, embora às vezes não goste devido às dificuldades, mas não porque Allah o tornou obrigatório. Se uma pessoa não gostasse por esse motivo, todas as suas ações seriam nulas; em vez disso, ele não gosta por causa das dificuldades, mas ainda continua a fazê-lo enquanto é paciente com a abstenção de comida e bebida e desejos sexuais; tudo por amor de ALLAH, o Exaltado. É por isso que o Hadīth diz: "Ele deixa sua comida e bebida e desejo sexual por minha causa." O segundo tipo de paciência é a paciência ao ficar longe da desobediência a Allah, isso é alcançado pela pessoa que jejua e é paciente para não cometer pecados, como ficar longe de conversas vãs, palavras obscenas e ações; falso testemunho; e outras ações proibidas. O terceiro tipo de paciência é paciência com o decreto de Allah; por causa do que acontece ao jejuante durante os dias de jejum, especialmente os dias quentes e longos, por preguiça, tédio e sede, que lhe causam grande sofrimento; mas ele permanece paciente, buscando assim o prazer de Allah. Portanto, quando esses três tipos de paciência vêm juntos, a recompensa é ilimitada. Allah diz a respeito disso: {Na verdade, o paciente será totalmente recompensado sem qualquer limitação.} [Sūrat Az-Zumar: 10] Este Hadīth mostra que o jejum completo é aquele em que o servo se abstém de duas coisas: 1. As questões físicas que quebram o jejum, incluindo comida, bebida e desejos sexuais. 2. Violações relacionadas à ação, como palavras e atos obscenos, gritos, falso testemunho e todos os pecados, argumentação, disputas que levam à inimizade. Por esta razão, é declarado no Hadīth que uma pessoa que jejua não deve se envolver em linguagem licenciosa, nem levantar sua voz com palavras que possam causar turbulência e disputa. Quem quer que atualize essas duas questões - deixando as coisas que invalidam o jejum e deixando os atos proibidos - então ele receberá a recompensa integralmente pelas pessoas que jejuam. Caso contrário, a recompensa de seu jejum diminuirá na proporção da multiplicidade dos atos de desobediência que ele cometeu. Em seguida, o Hadīth passa a instruir o jejuante que, sempre que for confrontado por alguém que briga com ele ou o insulte, diga: "Estou jejuando." Ou seja, eles não devem responder ao insulto, deve-se informá-los de que está jejuando. Ao fazer isso, a pessoa insultada não se sente derrotada ou vencida, como se dissesse: "Não sou incapaz de responder ao seu insulto, mas sou um jejuador que respeita seu jejum, zelo pela sua integralidade e observador de Allah e Seu Mensageiro (que a paz e as bênçãos de Allah estejam com ele). A declaração: "o jejum é um escudo" significa que é algo que o escravo usa para se proteger dos pecados nesta vida, treinar-se para fazer coisas boas e uma prevenção do castigo. O jejuante tem dois momentos de alegria: um na hora de quebrar o jejum e outro quando encontra o seu Senhor. São duas recompensas, uma é breve e a outra atrasada. Quanto à recompensa isto é, logo, é testemunhado quando a pessoa quebra seu jejum e se alegra com o favor de Allah por ser capaz de completar seu jejum, e então ela é capaz de realizar seus desejos dos quais foi impedida durante o dia de jejum. Quanto à recompensa atrasada, é alegria quando ele encontra seu Senhor, W ho concede a ele Seu prazer e honra. A alegria que a pessoa recebe rapidamente é uma amostra de como será a alegria atrasada, e Allah reunirá ambas para a pessoa que jejua. Então o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam com ele) jurou por seu Senhor em Cuja Mão está sua alma, dizendo que o cheiro desagradável que sai da boca do jejuante é mais fragrante aos olhos de Allah do que o cheiro de almíscar . De acordo com a narração de Muslim: "mais perfumado aos olhos de Allah no dia do Juízo" Então, Allah, o Exaltado, o recompensará no Dia do Juízo pelo mau cheiro que ele tinha neste mundo com um que é mais perfumado do que o cheiro de almíscar.

Tradução: Inglês Francês Espanhola Turco Urdu Indonésia Bosnia Bangali Chinesa Persa Tagalo indiano Curdo Suaíli
Ver as traduções