عن أبي هريرة، وزيد بن خالد الجهني -رضي الله عنهما-، أنهما قالا: «إن رجلا من الأعراب أتى رسول -صلى الله عليه وسلم- فقال: يا رسول الله, أَنْشُدُكَ اللهَ إلا قضيتَ بيننا بكتاب الله. فقال الخَصْمُ الآخر -وهو أفْقه منه-: نعم, فاقْضِ بيننا بكتاب الله, وأْذَنْ لي. فقال النبي -صلى الله عليه وسلم-: قل. فقال: إنَّ ابني كان عَسِيفًا على هذا فزنى بامرأته, وإني أُخبرتُ أن على ابني الرَّجْمَ, فافْتَدَيْتُ منه بمائة شاة ووَلِيدَةٍ, فسألتُ أهل العلم فأخبروني أنما على ابني جَلْدُ مائة وتَغْرِيبُ عام, وأنَّ على امرأة هذا الرَّجْمَ. فقال رسول الله -صلى الله عليه وسلم-: والذي نفسي بيده لأَقْضِيَنَّ بينكما بكتاب الله, الوَلِيدَةُ والغنم رَدٌّ عليك، وعلى ابنك جَلْدُ مائة وتَغْرِيبُ عام. واغْدُ يا أُنَيْسُ -لرجل مِن أَسْلَم- على امرأة هذا, فإن اعترفتْ فارْجُمْهَا, فَغَدَا عليها فاعترفتْ, فأَمَرَ بها رسول الله -صلى الله عليه وسلم- فرُجِمَتْ».
[صحيح.] - [متفق عليه.]
المزيــد ...

Abu Hurairah e Zaid bin Khalid - Que Allah esteja satisfeito com eles - disseram: << Um homem beduíno veio até ao mensageiro de Allah - Que a paz e bençãos de Allah estejam sobre ele - e disse: Ó mensageiro de Allah, Eu te peço por Allah, julgue entre nós segundo o livro de Allah (Alcorão). O outro oponente - que era mais prudente - disse: Sim, julgue entre nós segundo o livro de Allah, e permita-me falar. O profeta - Que a paz e bençãos de Allah estejam sobre ele - disse: Fale. Então, ele disse: Este meu filho era empregado deste (homem) e cometeu adultério com a sua esposa, e eu fui informada que o meu filho tinha que ser apedrejado, portanto, em compensação paguei cem cabritos e uma escrava, depois perguntei aos sábios e disseram-me que apenas deve ser chicoteado com vezes e exilado (da sua terra) por um ano e esta mulher deve ser apedrejada. O mensageiro de Allah - Que a paz e bençãos de Allah estejam sobre ele -disse: Juro por Aquele em cujas as mãos se encontram a minha alma, julgarei entre vocês com o livro de Allah, a escrava e os cabritos serão devolvidos para ti, e teu filho deve ser chicoteado cem vezes e exilado (da sua terra) por um ano. Ó Unaiss, vai ao encontro - do homem de aslam - para ter com esta mulher, se ela reconhecer (que cometeu adúlterio), apedreja-a. Ele foi ter com a mulher e ela reconheceu, então o profeta - Que a paz e bençãos de Allah estejam sobre ele - ordenou que fosse apedrejada.
[Autêntico] - [Acordado]

Explanação

O hadith indica que um homem era empregado na casa do outro e cometeu adultério com a sua esposa, e o pai do adúltero ouviu que todo que comete adultério deve ser apedrejado, portanto, como compensação deu ao esposo da adúltera cem cabritos e uma escrava, e em seguida questionou os sábios e o informaram que o seu filho não deve ser apedrejado, outrossim, o apedrejamento cabe a mulher, e o seu filho deve ser chicoteado cem vezes e exilado por um ano (da sua terra). Com isso, o esposo da adúltera e o pai do adúltero foram ao encontro do mensageiro de Allah - Que a paz e bençãos de Allah estejam sobre ele - para julgá-los segundo o livro de Allah (Alcorão). Então, o mensageiro de Allah - Que a paz e bençãos de Allah estejam sobre ele - devolveu os cem cabritos e a escrava ao pai do adúltero, e informou-lhe de que o seu filho deve ser chicoteado cem vezes e exilado por um ano, porque ele não era casado, e ordenou que certificassem da adúltera, e se ela reconhecer deveriam a apredejá-la, pois, ela era casada.

Tradução: Inglês Francês Turco Urdu Indonésia Bosnia Russa Chinesa Persa indiano
Ver as traduções