عن عبد الله بن عُمَر -رضي الله عنه- قال: «اسْتَأْذَنَ الْعَبَّاسُ بن عَبْدِ الْمُطَّلِب رسول الله -صلى الله عليه وسلم-: أن يبيت بمكة ليالي مِنى، من أجل سِقَايَتِه فأذن له».
[صحيح.] - [متفق عليه.]
المزيــد ...

consta a partir de Abdullah bin Omar, que Deus esteja satisfeito com ele, que disse:"Abass bin Abdul Mutualib pediu a permissao do Mensageiro, saudações e bençãos de Deus estejam com ele, para que pernoita-se em Meca as noites de Mina, com intuito de dar de beber as pessoas e foi dado a permissao".
Autêntico - Acordado

Explanação

A pernoitada em Mina nas noites de dêcimo primeiro, dêcimo segundo e dêcimo terceiro faz parte das obrigações da peregrinação, das quais o mensageiro, saudações e bençãos de Deus estejam com ele, observou-as, pela questão da pernoita naquelas noites ser uma das devoções a Deus e dentre os ritos da peregrinação.nao obstante o dar de beber aos peregrinos por ser um dos gestos virtuosos, e um serviço nobre prestado aos peregrinos que são também hospedes a Casa,o Mensageiro deu a permissão ao seu tio paterno Abass a nao pernoitar em Mina e estar na serventia de dar de beber aos peregrinos em Meca, por ser este um beneficio comunitário, o que se deprende que uma outra pessoa que nao faça algo idêntico e que não tenha qualquer desculpa não tem esta permissividade (de pernoitar em Meca).

Tradução: Inglês Francês Espanhola Turco Urdu Indonésia Bosnia Bangali Chinesa Persa Tagalo indiano
Ver as traduções